segunda-feira, 29 de outubro de 2007

EXCLUSIVO: The Police virá a Florianópolis

O LARANJAS esteve na festa de encerramento da VI Semana de Jornalismo e, pra variar, voltou com um furo (além de dois cortes e um fora): a banda inglesa The Police passará por Florianópolis durante a turnê brasileira, em dezembro. Quebrando paradigmas, e códigos de ética, revelamos nossa fonte: Granada, garçom do bar Drakkar, onde rolou a festa e onde acontecerá o show da banda de Sting. Não ligamos se ele for demitido, por motivos que ficarão claros abaixo. Queremos que ele morra, na verdade.

Indagado se o lugar não era pequeno demais para uma banda do tamanho do Police, Granada respondeu com propriedade: "não, é um trio, cabe tranqüilo no nosso palco". Após ser chamado de ignorante pela reportagem do LARANJAS, o garçom percebeu que nos referíamos ao potencial de público e explicou que a banda iria se disfarçar sob algum pseudônimo, como Tropa de Elite, Batalhão de Operações Policiais Especiais ou Saco da Verdade. "Eles querem manter a temática da banda, saca? Parece que os raps deles são de crítica a polícia americana e ao Bush, mano. Por isso o nome The Police", declarou um atordoantemente burro Granada. Foi a gota d'água.

O LARANJAS, cansado de tanta desinformação musical, informou ao garçom que iria se retirar do local sem pagar a conta de mais de 100 reais, tamanhas as ofensas à história do rock n roll. Fiel ao seu espírito polêmico, a intenção do LARANJAS com essa atitude era ensinar uma lição de respeito ao rock e, também, provocar uma briga generalizada no bar. O último objetivo foi cumprido com sucesso e acabamos com a noite mais cedo, banhados em sangue bastardo e cerveja vagabunda. E felizes. Algumas pessoas saíram estranhamente banhadas em vinagre. Putas da cara.

Hoje pela manhã, tentamos um contato com Sting, para confirmar a notícia. O astro pop se recusou a atender nossas chamadas a cobrar. Stewart Copeland e Andy Summers também. Ligamos então para Cacau Menezes, o sujeito mais bem informado sobre factóides absurdos e boatos óbvios da cidade, e ele começou a tagarelar algo sobre o Sting vir passar o reveillon no Taikô, em Jurerê Internacional. Desligamos. Se quiséssemos esse tipo de informação cretina, leríamos a coluna dele. Preferimos a Juliana Wosgraus, que aborda o mercado da prostituição em Florianópolis de forma bem mais discreta.

Caso se confirme a informação, o Police deverá passar por Floripa no início de dezembro, pois o show do Rio será no dia 8. O LARANJAS mal pode esperar para cantar Every Breath You Take a plenos pulmões no ambiente fétido e repulsivo do Drakkar, abraçado a outros bêbados que estarão lá imaginando que haveria uma exibição de um filme violento. Choraremos, pois somos caras sensíveis.

3 comentários:

Malu disse...

MUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUITO BOM VOLPATO!

só tu mesmo pra conseguir ligar The Police, polícia e tropa de elite.

demais

tens o dom!


:*

Verônica disse...

viva o drakkar.
(de verdade)



o/

RODRIGO CUNHA disse...

Caracoles! No DRAKKAR? Demorou. Faz tempo que não vou no Drakkar mesmo, vou aproveitar pra dar uma olhada no trio de doo doo doo de daa daa daa!