segunda-feira, 15 de outubro de 2007

Denúncia grave termina em chopp

O Ministério Público de Santa Catarina ia investigar a maior festa do chopp das Américas. Segundo denúncias anônimas de um órgão de imprensa de Florianópolis, a organização do evento estava estimulando o consumo de cigarro entre os amantes do chopp. As mulheres mais lindas da oktoberfest 2007, que são raras, estão nas cabines que vende cigarros.

"Até eu que odeio cigarro tô com vontade de dar uma tragada. Zig Zag Zig Zag! Oi Oi Oi!"
Falou à nossa produção uma lésbica, chamada Sandra Carlos Terezo,
que passava em mais uma centopéia do chope.

Procurados pelo Laranjasblog, a comissão que seleciona as meninas para vender cigarros não quis dar entrevista, porém a assessoria declarou, entre um gole e outro, que barangas estão sendo recrutadas na entrada para substituir as smoke girls e solucionar a falta de mulher bonita na grandiosa festa. Com esta reação imediata, o Ministério Público de Santa Catarina, que já não tinha muita coisa para fazer no estado por este ser de primeiro mundo, segundo declarações do governandor, continuou em sua inércia, mas agora tomando um chopinho.

Um comentário:

Mariana Porto disse...

Ahhhh! Então foi por isso que me chamaram pra vender cigarro na Oktober!
Óbvio que não aceitei... sou contra o tabagismo!
Hauahuahauhauahuahauhauahauha!!!