domingo, 18 de maio de 2008

Seção Presunto Fresco: Zélia Gattai

Você consegue citar, de cabeça, um livro escrito pela recém falecida escritora baiana Zélia Gattai? Pois é, nem eu.

3 comentários:

Anônimo disse...

Anarquistas Graças à Deus

tomasmp disse...

tem aquele...lá... esqueci o nome...

Fernando Silva disse...

Já estava escrito nas notas de dólar: In Google We Trust. Por isso, segue uma lista de obras dela: Anarquistas Graças a Deus, 1979; Um Chapéu Para Viagem, 1982; Pássaros Noturnos do Abaeté, 1983; Senhora Dona do Baile, 1984; Reportagem Incompleta, 1987; Jardim de Inverno, 1988; Pipistrelo das Mil Cores, 1989; O Segredo da Rua 18, 1991; Chão de Meninos, 1992; Crônica de Uma Namorada, 1995; A Casa do Rio Vermelho, 1999; Cittá di Roma, 2000; Jonas e a Sereia, 2000;
Códigos de Família, 2001; Um Baiano Romântico e Sensual, 2002. Você já ouviu falar de algum deles? Pois é, nem eu.