quinta-feira, 20 de março de 2008

Quanto tempo vive uma Laranja?

Há seis meses, numa bela quinta-feira de setembro, três estudantes de jornalismo resolveram que pela primeira vez em suas vidas deveriam ir a um bar. Os três desgraçados convidaram toda a galera e se dirigiram a um bar muito bem conceituado na região universitária da UFSC. Após uma noite de intensa conversa e assédio por parte das meninas, Bruno Volpato, Marcone Tavella e eu resolvemos montar um “jornal mural” de humor. Tudo isso devido a nossa necessidade patológica de tentar fazer humor em todos os momentos de nossas tão queridas e honrosas vidas.
Acontece que tomados por nossa alegria momentânea, mais particularmente pela minha alegria momentânea, resolvemos por consenso entrar nessa de blog. O blog foi se encaminhando, nossa inocência juvenil foi se perdendo e de repente, e tão de repente quanto as epifanias de Clarice Lispector (Ver A legião Estrangeira, pág 37) fomos visados pela grande mídia. Fomos contactados para assumir o BBB8 após a saída de Marcelo, devido a uma tentativa desesperada da emissora de recuperar a audiência. Mas a negociação falhou. Hoje confesso que estou mais feliz, apesar da minha necessidade patológica de ser engraçado ainda não ter me tornado engraçado, creio que estou indo para o caminho certo, me juntando com esses dois queridos seres, que fazem todo dia a vida daqueles com que convivem um pouco mais divertida.
Um brinde aos seis meses de Laranjas
Ein Prosit Laranjas

3 comentários:

tomasmp disse...

quero ver esse sentimentalismo daqui a um ano...

Nat Izidoro disse...

E vida longa aos Laranjas.!!
=)

Marcone Tavella disse...

Todos os Laranjas queridos e divertidos... hahaha... vida longa aos laranjas... dscp rafa mas eu ja ia em bares antes... kkkk... mas não me divertia tanto como aqui nesta ilha maravilhosa... Abraço aos laranjasfãs e bjos e amassos as bagacetes...