sábado, 15 de março de 2008

Coisas que ajudam a acabar com namoros estáveis!

Orkut. A página de relacionamentos Orkut é realmente muito boa quando a intenção é relembrar amigos. Já quando se namora é diferente. Ele se torna uma arma a serviço do ciúmes que é realimentado a cada comentário daquela sua amiga Carlinha, ou no caso das mulheres, do seu amigo Ricardão. As veias parentais latejam loucamente e você começa a suar frio. As brigas começam. Por fim o casal decide deletar seus perfis e depois criam um perfil do casal. “Diego e Juju”. Problema resolvido? Não, é aí que realmente começam os problemas. Os amigos que não são comuns aos dois começam a desaparecer devido ao fato de os dois só falarem um do outro. Fofocas rolam soltas. “Você viu como a Juju engordou depois que começou a namorar?”, “O Diego? Ele é bobo, aquela mulher só estraga ele”. Depois as acusações. “Perdi todos meus amigos!”, “Você só quer saber de futebol!”. Nada que não possa ser resolvido. Colocam-se fotos do casal se beijando no orkut, para ver se as fofocas param. Os “scraps” diminuem. A audiência do perfil cai quase que desesperadamente. As falácias só aumentam. O casal vira motivo de piada. Mas toda piada perde a graça. O casal termina, odiando um ao outro, e com a nítida certeza que a outra pessoa foi a culpada pelo fim da relação. A culpa é do Orkut.
Bebidas Alcoólicas. Diego e Juju estudam juntos e resolveram sair. Eles gostaram um do outro. Juju é meio tímida e Diego acha isso uma qualidade essencial nela. Juju acha Diego carinhoso. Os dois decidem namorar. Trocam alianças e tudo mais. Quando o casal cansa de um só ver a cara do outro eles decidem sair. Chamam casais de amigos e vão para a balada. Diego não gosta de beber, mas bebe umas cervejinhas para não ficar atrás dos amigos. Juju se arrisca a beber uma tequila. O álcool sobe. Ela começa a dançar como Diego nunca viu. Ele bebe mais para desviar a atenção dela. Doce ilusão. O menino então começa a dar vexame. Briga com a menina, manda ela parar de dançar. Ela diz que ele está louco. Ele por raiva bebe mais. Acaba entrando em coma alcoólico. A menina perde o interesse daquele cara bêbado que nada mais tem de “fofo”. A culpa é do álcool.

2 comentários:

Bárbara Lino disse...

Nossa, que triste!

Fernando Silva disse...

Quanto ao orkut: ou ambos deletam seus perfis e criam, cada qual, um "fake" à revelia do outro. E vivem felizes (??) para sempre.