terça-feira, 31 de março de 2009

Maloqueiro assina "Corinthians" no RG

O professor Danilo Heitor Vilarinho Cajazeira, de 26 anos, não imaginava que teria de passar por uma saga para tirar a segunda via de seu RG quando saiu de casa, em 9 de março, vestindo a camisa do Corinthians rumo ao Poupatempo Luz, na região central de São Paulo.

“A primeira coisa que fiz foi tentar tirar a foto, mas a atendente me impediu, dizendo que não aceitariam por eu estar usando uma camisa de time de futebol. Perguntei por que e ela disse apenas: ‘Não pode. Lá dentro eles vão te barrar’”, lembra Cajazeira.

Depois de conseguir uma camiseta preta com um amigo que trabalha na Galeria do Rock, Cajazeira pode finalmente tirar a foto. Como vingança, o professor e motoboy decidiu assinar suas iniciais, seguidas pelo nome do time.

Mesmo após a divulgação do fato na mídia, o problema com as camisas de futebol se repetiram no Poupatempo Luz. Há relatos de que um torcedor do tricolor paulista também foi barrado na hora da foto. Inspirado pelo corinthiano, ele simplesmente assinou "bambi" na sua Carteira de Identidade. Torcedores da Portuguesa alegam que não passaram por qualquer tipo de problema.

Fonte: Globo.com

3 comentários:

Cristal Muniz disse...

Achei o "bambi" digníssimo :)

César Soto disse...

isso porque a portuguesa não tem torcedor, tem testemunha... em dia de jogo, os 4 racham um táxi pro canindé...

Anônimo disse...

Outro site diz que o dito cujo é professor de geografia e técnico do INSS. Aqui fala-se em motoboy. Como qualquer corintiano, vive de bico!